Os proprietários do Holztel são o casal Leila Holz e Gilmar Vargas Cardoso. A ideia partiu do projeto de mestrado da enfermeira Leila, realizado na Unisinos, unindo práticas de cuidado em saúde com a proposta de um negócio sustentável com impacto social atrelado a atividade core.

Todo o trabalho é pensado e organizado seguindo a lógica da sustentabilidade ambiental e ecológica visando o equilíbrio e a preservação do ecossistema proporcionando um ambiente saudável e promotor de saúde às pessoas do entorno.

FIGURA 1.jpg

Nas nossas práticas diárias utilizamos os 5R da sustentabilidade

FIGURA 2.jpg

01.REPENSAR

Reaproveitamos muitas coisas descartadas e refletimos sobre a necessidade de adquirir produtos novos. Avaliamos os danos que os produtos podem causar ao meio ambiente ou à nossa saúde. Nos deparamos diariamente com grandes quantidades de lixo depositadas as margens da principal via de
acesso ao Holztel. Ao longo dos últimos 5 anos seguimos recolhemos este lixo e fazendo bom uso dele. Duas cabanas da hospedagem rural foram construídas, mobiliadas e equipadas com materiais descartados em locais impróprios.

02.RECUSAR

Praticamos atitudes sustentáveis recusando produtos que
venham em embalagens de plástico, dando preferência as
recicláveis como de vidro, metal ou as biodegradáveis.
Aceitamos muitas doações de embalagens de vidro
arrecadadas por colaboradores, e é desta forma que
distribuímos e comercializamos os produtos naturais e
caseiros produzidos pelos nossos parceiros e pessoas da
comunidade. Incentivamos continuamente a logística
reversa através da responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos e do
lixo que produzimos.

03.REDUZIR

Reduzimos o consumo por meio da agroecologia, adotando tecnologias e práticas de produção que imitam os processos naturais, evitando romper o equilíbrio ecológico que dá a estabilidade aos ecossistemas. Sendo assim, não utilizamos nenhum tipo de aditivo químico, seja fertilizante ou inseticidas, nos vegetais e hortaliças cultivados. Também optamos por adquirimos somente produtos de qualidade e com maior durabilidade, reduzindo em 90% o lixo produzido.

05.RECICLAR

A coleta seletiva já é um hábito e reforçamos aos frequentadores questões relacionada a separação do lixo. Na hospedagem mantemos uma criação doméstica de galinhas. Além da produção de ovos, os animais, que são criados soltos, consomem cerca de 1 kg. de lixo orgânico por semana. A criação de galinhas livres em sistemas agroecológicos têm como princípio a garantia do bem-estar animal e está embasada no conhecimento da agricultura tradicional dos nossos antepassados. Demais resíduos serão reciclados e transformados em outros produtos. Ao reciclar economiza-se energia, recursos naturais, contribui para a redução da poluição e prolonga a vida útil dos aterros sanitários.